Correção de Aneurisma da Aorta

Correção de Aneurisma da Aorta

Nossas Especialidades

O que é?

A aorta é a principal artéria do organismo, de onde nascem todos os outros vasos para nutrir os órgãos do corpo. A aorta pode sofrer uma doença aterosclerótica ou degenerativa que irá dilatar sua estrutura, podendo ocasionar ruptura e morte.

Os aneurismas podem se desenvolver em qualquer local ao longo da aorta. A maior parte se desenvolve na aorta abdominal. Os demais surgem na aorta torácica, especialmente na aorta ascendente. 

Os aneurismas da aorta torácica podem ser assintomáticos ou provocar dor, tosse, sibilos, rouquidão, dificuldade para deglutir alimentos, falta de ar etc. A dilatação pode ocorrer por conta de alguma fraqueza na parede da aorta em que ocorreu a inflamação. Alguns estudos acreditam que esta inflamação pode ocorrer por conta de aterosclerose, mas também pode estar ligada à hereditariedade, traumas ou outras doenças.

O objetivo da correção de um aneurisma de aorta é evitar a sua ruptura. Dependendo do tamanho e da condição do aneurisma, isso pode ser feito através de reparo cirúrgico convencional ou por reparo endovascular. A decisão pela realização de um procedimento ou outro é tomada pelo cirurgião cardiovascular e vai depender de cada caso.

Reparo Cirúrgico Convencional

No reparo cirúrgico convencional, o cirurgião cardiovascular corta a área danificada pelo aneurisma. A parte danificada é, então, separada cirurgicamente da parte principal da aorta e substituída por um tubo sintético. Esta cirurgia é realizada com circulação extracorpórea (CEC).

Reparo Endovascular (stent)

Uma alternativa menos invasiva ao reparo cirúrgico convencional é o reparo endovascular do aneurisma de aorta, por meio de um dispositivo especial chamado endoprótese (ou stent aórtico). Este dispositivo foi projetado para ser colocado sem necessidade de corte ou incisão no tórax e sim, através de punção (cateterização de artérias periféricas).

Uma endoprótese é um tubo oco comprimido composto de tecido sustentado por uma malha metálica. Para realizar um implante de endoprótese, os médicos passam um fio longo e fino pela artéria grande da virilha (artéria femoral) até chegar na área de lesão aórtica. Depois disso, eles deslizam a endoprótese sobre o fio e a empurram até o local da lesão dentro da aorta. Em seguida, eles abrem a endoprótese no interior da região danificada da aorta para formar um canal estável para o fluxo sanguíneo. 

Qual o tempo médio de internação?

Quando o reparo do aneurisma ocorre através de cirurgia convencional o paciente geralmente fica 2 dias em uma unidade de cuidados intensivos (UTI) e permanece no quarto hospitalar por mais 3 a 4 dias (totalizando 5 a 6 dias de internação), mas esse tempo vai depender de cada caso.

Já o reparo endovascular do aneurisma é um procedimento menos invasivo que a cirurgia cardíaca convencional, portanto, a internação hospitalar costuma ser mais curta (2 a 3 dias, geralmente), mas isso sempre vai depender de cada caso.

Cuidados pós-procedimento

Os cuidados após a alta serão passados pelo cirurgião cardiovascular, bem como os medicamentos a serem utilizados. Lembrando que é de extrema importância manter o acompanhamento com o cardiologista clínico de sua preferência.

PROCEDIMENTOS

Nos cuidamos do seu coração

3_icon

REVASCULARIZAÇÃO DO MIOCÁRDIO

A Revascularização do Miocárdio é um procedimento no qual é direcionado o fluxo sanguíneo para as artérias do coração (coronárias) fazendo uma ponte quando existe um estreitamento grave ou obstrução das artérias coronárias, que são responsáveis por nutrir o músculo do coração (miocárdio).

1_icon

PLASTIA OU TROCA DE VÁLVULAS CARDÍACAS

É o tratamento cirúrgico das complicações que algumas doenças podem produzir nas válvulas cardíacas. Nós possuímos quatro válvulas (ou valvas), que separam as cavidades dentro do coração. Essas válvulas são: aórtica, pulmonar, mitral e tricúspide.

7_icon

CORREÇÃO DE ANEURISMA DA AORTA

A aorta é a principal artéria do organismo, de onde nascem todos os outros vasos para nutrir os órgãos do corpo. A aorta pode sofrer uma doença aterosclerótica ou degenerativa que irá dilatar sua estrutura, podendo ocasionar ruptura e morte.

6_icon

CORREÇÃO DE DISSECÇÃO DE AORTA

A dissecção de aorta é um distúrbio em que a camada interna da parede aórtica se rompe e se separa das outras duas camadas da parede aórtica, de tal forma que o sangue penetra entre essas camadas, separando (dissecando) a camada intermediária da parede externa, ainda intacta.

× Como posso te ajudar?